"Que minha vida e minha glória sejam jogadas ao chão e do pó possa brotar um perfeito adorador" Filhos do Homem

domingo, 15 de abril de 2007

Maria, mais que amiga

Tenho observado por dias uma mulher na Bíblia que se chamava Maria, mas não a mãe de Jesus e nem Maria Madalena, a Maria a qual falo é irmã de Lázaro. Observando a vida dessa mulher, percebo que ela era mais que amiga de Jesus, ela era amada por ele, em especial.
Mas qual o motivo desse amor??
No livro de Lucas, capítulo 10 vimos Marta chamando a atenção de Maria para ajudar nos afazeres, mas ela estava ocupada demais ouvindo o mestre, e naquele momento nada iria tirá-la de perto de Jesus. Não penso que Marta estivesse errada, porque sempre que recebemos uma visita em nossa casa, queremos agradá-lo e servir o que temos de melhor, e Marta se preocupou em servir ao mestre que estava em sua casa. E uma visita tão ilustre merecia mesmo os melhores préstimos de Marta.
Mas Maria, era tão apaixonada pelo mestre que não se preocupou com nada, ela queria apenas ouví-lo. Não quero aqui entrar na tradição dos judeus que eram conservadoras e preconceituosas em relação as mulheres, mas quero falar no amor que ultrapassa tudo isso.
Maria era tão apaixonada que não se importou com o que os outros iriam falar, apenas queria ficar perto do mestre. No momento que Marta veio chamá-la e pediu para Jesus repreendê-la, ela ouviu algo que me chama muito atenção e é nisso que quero falar. "Marta, Marta, estás ansiosa e perturbada com muitas coisas, entretanto poucas são necessárias, ou mesmo uma só, e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada." (Lc 10:41;42)
E quantas veses andamos preocupados com coisas que não nos levam a nada, e perdemos de ouvir o que o Mestre tem para nós, mas Maria não, ela escolheu a parte boa, escolheu ficar com o mestre e ouví-lo.
Vejo nessas palavvras que Jesus sabia que Maria amava estar perto dele, amava a presença dele e não queria sair dali, e o senhor ama quem é apaixonado por ele, aquele que não tem pressa de sair de sua presença, veja no livro de João capítulo 11, quando Jesus chega em Betânia e Lázaro já havia morrido, Ele manda que chamem Maria e a Bíblia diz que ao ver Maria chorando, Jesus chorou. (Jo 11:33,35).
Veja que Maria era mais que uma amiga, ela era uma apaixonada por Jesus, ao ponto de lavar os pés do mestre e enxugar com seus próprios cabelos e por isso Jesus passou também a ser mais que um amigo. Ele sentiu os seus sentimentos, chorou ao vê-la chorando.
Se você quiser ser como Maria, seja mais que um amigo, seja apaixonado, não tenha pressa de sair da presença do mestre, o adorando em todo o tempo !!!

Nenhum comentário: