"Que minha vida e minha glória sejam jogadas ao chão e do pó possa brotar um perfeito adorador" Filhos do Homem

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Que noiva é esta?

“Quem é esta que aparece como a alva do dia, formosa como a lua, brilhante como o sol, terrível como um exército com bandeiras?” Ao lermos os Cânticos de Salomão, vimos uma série de poesias das mais puras e apaixonadas que já foram escritas. Salomão e sua amada Sulamita se declaram um ao outro com lindos versos de amor escritos em aproximadamente 950 a.C. O verso em destaque é o décimo do capítulo seis e é dele que quero falar.
Lembremo-nos de que nós (igreja) somos a noiva de Cristo, e junto com essa tão maravilhosa posição, temos responsabilidades muito sérias. E isto é mencionado por diversas vezes no novo testamento. Sendo falada pelo próprio Jesus em Mateus 25:1-13, na parábola das dez virgens. João é outro dos que nos fala disso, no livro do Apocalipse 19:7,8 “Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos.”
Paulo também é bem enfático ao escrever a carta à igreja de Éfeso, Ef.5:27, “Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.”
Infelizmente, muitas das pessoas que se intitulam “noiva”, não conhecem ou não se importam com as responsabilidades acarretadas pela posição de noiva do Cordeiro Santo. Querem apenas a posição de noiva, saem por aí dizendo que são a noiva de Cristo, mas nunca se importaram em conhecer a Cristo. E como manter uma relação sem conhecê-lo? Sem saber o que ele gosta? De que forma se vestir para ele? O que fazer para agradá-lo? Essas são apenas algumas perguntas que devem ser feitas para manter uma relação de amor o noivo, e o noivo com a noiva.
E como saber do que Ele gosta para o agradá-lo? “Observando segundo a Sua palavra” Sl 119:9
Temos visto “noivas” de todas as formas. Algumas querem ser noiva de Cristo, mas não querem deixar o mundo, continuam se vestindo de forma sensual, provocando o desejo em outros homens. Ouso dizer que são adúlteras espirituais, pois o Noivo não divide sua noiva com ninguém, e Ele já lhe deu novas vestes, que são brancas e de linho puro. Outras só pensam em juntar riquezas e não dividem com o noivo, se esquecem que Ele é o dono do ouro e da prata e dividir com Ele é investir em si próprio. Também tem o tipo de noiva que já se vestiu com a roupa de noiva, divide seus bens com o Noivo, mas ao andar na rua tem vergonha de expressar seu amor aos outros, se esquecem que o Noivo “veio para salvar o que estava perdido”, acho que esse tipo tem ciúme, não quer dividir o noivo com mais ninguém.
Mas ainda existem os remanescentes, àquela noiva que continua sem ruga, sem mácula, com suas vestes brancas como a neve. E é essa noiva que ao passar gera no mundo a mesma pergunta de Salomão. Quem é essa? Essa é a noiva de Cristo. A noiva que lavou suas vestiduras no sangue do Cordeiro e que aguarda ansiosa pelo dia do casamento. Quando por fim, estará eternamente ao lado do Noivo.

Nenhum comentário: