"Que minha vida e minha glória sejam jogadas ao chão e do pó possa brotar um perfeito adorador" Filhos do Homem

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Considerações sobre a nova diretoria da CGADB

Primeiramente, quero parabenizar a todos os candidatos eleitos. Principalmente o presidente reeleito Pr. José Wellington Bezerra da Costa.
Confesso que torcia pelo pastor Samuel Câmara, mas louvo a Deus pela vida de nosso “pontífice” pastor José Wellington, que com uma vantagem de 756 votos irá administrar a maior igreja pentecostal do país por mais quatro anos.

A eleição desse ano ficará marcada, não apenas pela disputa tão acirrada entre os dois candidatos a presidência - que infelizmente tornaram a eleição em uma briga particular e pessoal – mas também ficará marcada porque daqui a dois anos a igreja irá completar 100 anos de história no país e os vencedores dessa eleição farão parte desse momento histórico da igreja.
Foi uma guerra de gigantes, eu arrisco dizer que um da esquerda e o outro da direita. “O de esquerda” com um perfil liberal, um espírito jovial, propostas inovadoras e um desejo enlouquecido de chegar a presidência. O outro com um perfil totalmente o inverso, mas com um histórico ministerial que poucos conseguem ter. E nessa guerra de “ideologias”, venceu a direita.

O vice-presidente – O polêmico e famigerado pastor Silas Malafaia foi eleito o vice-presidente, e agora? Continuará o mesmo Silas? Sem papas na língua?
Lembro-me muito bem de um tempo atrás ouvi-lo pedir paz aos pastores José Wellington e Samuel Câmara, pedindo que deixassem de lado as diferenças ideológicas e pensassem no melhor para a igreja de Cristo, concordei em tudo como que o agora sem bigode Silas dizia naquele programa.
Ele tem o perfil do mineirinho – que vem comendo pelas beradas – porque era secretário da convenção, dali pulou para vice-presidente e não duvido que logo será o poderoso chefão da leléia brasiliana.
Já rola na internet uma discussão a respeito do destino da editora e gravadora Central Gospel, que pertence ao nosso vice-presidente. Sendo o segundo homem da convenção acredito que terá acesso a todas as estratégias da Casa publicadora das Assembléias de Deus – CPAD – que é hoje a principal concorrente da Central Gospel.
E ele não usará as lições bíblicas da CPAD? Continuará a ignorar as lições impostas pelo órgão oficial da instituição e seus comentaristas? Que comunhão terá com os homens de Deus responsáveis pelo ensino dos assembleianos de todo o Brasil, como o pastor Antonio Gilberto?
É uma incógnita, que só será respondida pelo próprio pastor Silas.

Quero deixar um parágrafo especial para falar do pastor presidente da CIADESCP – Convenção das Assembléias de Deus de Santa Catarina e sudoeste do Paraná – pastor Arcelino Brito de Melo que foi eleito 2° secretário da CGADB com 6391 votos.
Pastor Arcelino que concorreu com seu companheiro de ministério pastor Nilton dos Santos.
Como ficará agora que ele faz parte da mesa diretora da Convenção geral? Se a convenção de Santa Catarina é administrada quase de forma independente, se os pastores de outras convenções não são recebidos aqui? Se pessoas de outros estados não são aceitos na nossa convenção?
E agora? Irão abrir as portas para os pastores convencionados de outros estados? Irão se lembrar que somos todos irmãos, trabalhamos para o mesmo reino e vamos morar no mesmo céu?
Espero que esses sejam de fato os próximos passos da convenção do estado de SC.

E por último, deixar minhas considerações ao pastor Samuel Câmara, que é um homem de Deus e com certeza ama a igreja Assembléia de Deus e assim como eu quer o melhor para ela.

“Os homens podem brigar, fazer campanha, manipular eleições, mas o dono da obra ainda é Deus. O dono da Assembléia ainda é Deus e é Ele que dá o veredicto final”.

Desejos de sucesso para a nova gestão - por Ciro Sanches

Que os pastores eleitos se espelhem nos líderes da igreja de Atos dos Apóstolos, e não nos atos de líderes de igrejas de pseudoapóstolos, que legislam em causa própria, legitimando práticas não avalizadas pela Bíblia. Que os eleitos também façam bom uso da habilidade política, necessária para os seus cargos, mas jamais negociem o inegociável. Doutrinas fundamentais como a Trindade não podem ser negociadas em prol da convivência pacífica com o pentecostalismo da unicidade, movimento que pensa ter a voz da verdade, mas nega a triunidade de Deus.

Que eles não tolerem os maus e falsos obreiros, que se escondem atrás de seu carisma e usam a tribuna santa para difundir todo o tipo de heresias, sandices e invencionices no meio do povo de Deus. E que combatam a realização de shows “evangélicos”, a fim de que os nossos megaeventos sejam verdadeiramente cultos de adoração a Deus, e não desfiles de celebridades em que a exposição da Palavra é preterida.

Que os eleitos honrem o compromisso com a sã doutrina, rejeitando as falsas doutrinas e os modismos, como: a confissão positiva, a maldição hereditária, a regressão interior, o falso culto aos anjos, o arrebatamento em grupo, o batismo em água somente “em nome de Jesus” (unicismo), os diálogos com demônios nas reuniões, a Ceia do Senhor ministrada de maneira indiscriminada, a cura interior (isto é, a falsa cura interior) e a teologia da prosperidade, que gera nos crentes um sentimento de que o melhor para nós está aqui nesta vida, e não no Céu (Fp 3.20,21; Rm 8.18), etc.

Que eles liderem com autoridade, não sendo dados a destemperos autoritários. Sabemos que o autoritarismo é fruto da falta de autoridade. E que não atendam os interesses dos desviados da verdade como fizeram Arão e Jeroboão, os quais pecaram e levaram o povo a pecar (Êx 32; 1 Rs 12).

Que o pastor-presidente e a nova Mesa Diretora da CGADB usem a mídia prioritariamente para evangelizar, e não para outros fins. E que combatam o nepotismo ministerial, pois a chamada é um ato soberano do Senhor (Mc 3.13,14; Hb 5.4). Filho de pastor só deve ser um ministro se verdadeiramente for chamado por Deus. É o Senhor Jesus quem escolhe (Jo 15.16). Nós apenas reconhecemos a escolha divina e invocamos as bênçãos de Deus sobre o ministro consagrado (At 13.1-4).

Que eles ouçam a voz do Espírito Santo, não se deixando enganar pelos “sonhos” (desejos, aspirações) que estão em seu coração, ainda que sejam bons (2 Sm 7). Afinal, do homem são as preparações do coração, mas do Senhor é a resposta da boca (Pv 16.1). E que ele priorizem a Grande Comissão (Mt 28.19; Mc 16.15; At 1.8).

Que os eleitos lutem, com todas as suas forças, para ver o culto coletivo a Deus segundo o padrão neotestamentário, com decência e ordem (1 Co 14), não aceitando modismos como danças proféticas, adoração extravagante, danças de rua e estilos musicais incompatíveis com o louvor a Deus. E que trabalhem para recuperar e manter o perfil assembleiano no que tange a doutrina, administração eclesiástica, bons costumes, práticas e usos, não abraçando modelos e costumes mundanos, práticas controversas e usos contrários à sã doutrina. É por meio de nosso porte que exteriorizamos a doutrina que professamos (Tt 2.10; 1 Ts 5.23).

Que todos os eleitos sejam conservadores — conservadores, e não extremistas! — e combatam os liberalismos teológico, eclesiástico e consuetudinário. Afinal, estamos no mundo (o planeta Terra), mas não devemos amar “o mundo”, dominado pelo deus deste século, Satanás (1 Jo 2.15-17; 2 Co 4.4), tampouco aceitar o modo de viver dos ímpios (Rm 12.1,2). E que tenham a Bíblia como a fonte primacial de autoridade, e não a tradição, a lógica humana e as experiências pessoais (Gl 1.8; 1 Co 4.6; 15.1-4).

Que eles lutem pela união das Assembleias de Deus do Brasil, deixando de lado o espírito vingativo. Às vésperas de seu centenário, é importante que os líderes maior de nossa igreja seja pacificadores. E que valorizem a pregação biblicocêntrica, expositiva, cristocêntrica, não tolerando faladores, animadores de auditório, milagreiros, malabaristas, soberbos, que chamam todos os holofotes para si, desviando o povo de glorificar apenas e tão-somente o Senhor Jesus Cristo (Tt 1.10; Sl 138.6).

Desejando o melhor para a Assembleia de Deus brasileira,

Ciro Sanches Zibordi

Resultado das eleições da CGADB

Depois de muita especulação e até mesmo uma certa ansiedade, podemos conferir o resultado da votação que elegeu a nova diretoria da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, esta gestão terá o privilégio de estar a frente do maior órgão da igreja durante as comemorações do seu centenário, que acontece em 2011, e já vem sendo preparada pela atual gestão.
Segue o resultado:

Presidente
Pastor José Wellington Bezerra da Costa, 6.719 votos;
Pastor Samuel Câmara, 5.963.

Vices
1º vice – Silas Malafaia (RJ), 5.843;
Oscar Domingos Moura, 5.539;
Temóteo Ramos de Oliveira, 825.

2º vice – Ubiratan Batista Job (RS), 6.056;
Ival Teodoro, 5.643.

3º vice – Sebastião Rodrigues de Souza (MT), 6.212;
Sóstenes Apolo, 5.529.

4º vice – Gilberto Marques de Souza (PA), 6.263;
Pedro Lima, 5.594.

5º vice – José Neco dos Santos (AL), 6.315;
José Coutinho Guimarães, 5.420.

Secretários
1º secretário – Isaías Coimbra (RJ), 6.442;
Moisés Silvestre, 5.691.

2º secretário – Arcelino Brito de Melo (SC), 6.391;
Nilton dos Santos, 5.668.

3º secretário – Antonio Dionízio da Silva (MS), 6.502;
Domingos Junior, 5.525.

4º secretário – Isamar Ramalho (RR), 6.373;
Sebastião Fernandes, 5.590.

5º secretário – Roberto José dos Santos (PE), 6.313;
Valdomiro Pereira, 5.622.

Tesoureiros
1º tesoureiro – Antônio Silva Santana (SP), 6.026;
Jonas Francisco de Paula, 5.434.

2º tesoureiro – Josias de Almeida Silva (SP), 6.027;
Ivan Pereira Bastos, 5.629.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Me contrata Bispo!


Navegando pela internet hoje me deparei com algo que me fez desmaiar três vezes, é sério, eu não consegui acreditar no que li e tive que ir na fonte para saber se era realmente verdade. Afinal a internet está infestada de mentiras e boatos.

Chegando na fonte, que é o blog do bispo Macedo pude ler com todas as letras o mais descarado apelo que alguém já imaginou. A cara de pau é tanta que para você acreditar vou postá-lo aqui na íntegra, leia:

Gostaria de dividir com os internautas da Arcauniversal e, especialmente, do meu blog, um assunto extremamente sério.

Quero aqui dizer como funciona um portal do tamanho do ArcaUniversal.com. Toda a estrutura é composta de 20 profissionais entre jornalistas, programadores e web designers. Todos são funcionários com carteira assinada em um espaço físico comum. Sendo assim, a empresa tem que arcar com suas responsabilidades e com todos os encargos trabalhistas, FGTS, férias, etc. Não só isso, gastos com a manutenção destes equipamentos e para manter o local de trabalho com água luz, telefone e suprimentos, etc.

Também temos um Data-Center com 22 servidores comportando todos os nossos canais, sites e serviços. Segue uma amostra de projetos que são atualizados constantemente pela equipe e que ficam hospedados nestes servidores:

www.arcauniversal.com : O Portal de informação da Igreja Universal do Reino de Deus

www.eucreioemmilagres.com.br

www.folhauniversal.com.br

www.terapiadoamor.com.br

www.falaqueeuteescuto.com.br

www.igrejauniversal.org.br,

www.bispomacedo.com.br

www.bishopmacedo.com

www.obispomacedo.com

Como vocês estão vendo, estamos disponibilizando, cada vez mais, material, não só para o crescimento espiritual dos nascidos de Deus, como também tentando ajudar aqueles que o querem.

Daí, a razão dessa mensagem.

Aqui vão as despesas mensais com o site do Arca Universal:

- Hospedagem de Servidores

- Salário dos Funcionários

- Serviço de Imagens

- Luz/Água/Telefone + Gastos Administrativos


Em um Total de Custos de: R$ 107.622,00


Embora muitas pessoas não saibam, a empresa também paga pela banda ultilizada de um site para que as pessoas possam fazer downloads e ouvir mensagens, etc. Daí esclarecemos a todos o que envolve realmente uma estrutura complexa como esta.

Então, se você já tem sido meu auxiliar no rádio, não quero colocar mais um peso sobre você. Caso contrário, gostaria de pedir sua participação nesse trabalho evangelístico via internet. Se você tem sido beneficiado nesse trabalho e deseja participar do mesmo, você pode ajudar com um pouco que somado a outro pouco vai ajudar a pagar as despesas.

Se o Espírito Santo lhe tocar para nos ajudar a carregar essa responsabilidade, então faça sua doação da seguinte forma:

Através de nosso site, clicando neste link ou, se você preferir, por meio de depósito bancário em nome da Igreja Universal do Reino de Deus.”


Em um Total de Custos de: R$ 107.622,00, e apenas 22 funcionários???

Diante disso não há palavras, mas ainda assim eu arrisco três:


Me contrata bispo!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Vencedores do Troféu Talento 2009


Como fiz no ano passado, aqui estou novamente para anunciar o resultado de mais um troféu talento.
Esse ano que foi a 14ª edição do premio o resultado não surpreendeu, e os grandes destaques da noite de gala da música gospel brasileira foram o mineiro Regis Danese e o baiano Lázaro.
Segue a lista dos vencedores:

Categoria – Álbum Instrumental
→ Álbum: Tributo a Israel - Intérprete: André Paganelli - Produção: Levi Willians

Categoria – Dupla
→ Fernanda Brum & Eyshila

Categoria – Álbum Alternativo
→ Álbum: Testemunho e Louvor - Intérprete: Lázaro - Produção: Lázaro

Categoria – Álbum Rap
→ Álbum: Música de Guerra 1ª Missão - Intérprete: Pregador Luo - Produção: Pregador Luo

Categoria – Álbum Independente
→ Álbum: Testemunho e Louvor - Intérprete: Lázaro - Produção: Lázaro

Categoria– Banda
→ Oficina G3

Categoria – Grupo Vocal
→ Arautos do Rei

Categoria – Álbum Infantil
→ Álbum: Para Adorar Ao Senhor - Intérprete: Crianças Diante do Trono - Produção: Ministério de Louvor Diante do Trono

Categoria – Álbum Pentecostal
→ Álbum: Todo Tempo Louve - Intérprete: Robinson Monteiro - Produção: Line Records

Categoria – Álbum Pop e Pop Rock
→ Álbum: Jamily Ao Vivo - Intérprete: Jamily - Produção: Santiago Ferraz

Categoria – Álbum Rock
→ Álbum: Depois da Guerra - Intérprete: Oficina G3 - Produção: Heros Trench, Marcello Pompeu e Oficina G3

Categoria – Álbum Black Music
→ Álbum: Simplesmente Servo - Intérprete: Rodrigo Mozart - Produção: Paulo César Baruk

Categoria – Vídeo Clipe

→ Música: Pela Fé – Intérprete: André Valadão – Direção: Tiago Espíndola

Categoria – DVD
→ Álbum: Trazendo a Arca - Ao Vivo no Maracanãzinho - Direção: Hugo Pessoa

Categoria – Grupo de Louvor
→ Diante do Trono
→ Plenitude de Deus

Categoria – Álbum Ao Vivo
→ Álbum: Testemunho e Louvor - Intérprete: Lázaro - Produção: Lázaro

Categoria – Álbum Adoração e Louvor
→ Álbum: Som da Chuva - Intérprete: Soraya Moraes - Produção: Marco Moraes e Woody Carvalho

Categoria – Revelação Feminina
→ Damares
→ Mariana Valadão

Categoria – Revelação Masculina
→ Lázaro

Categoria – Intérprete Feminino
→ Aline Barros

Categoria – Intérprete Masculino
→ Régis Danese

Categoria – Destaque de 2008

→ Régis Danese

Categoria – Álbum do Ano
→ Álbum: Testemunho e Louvor - Intérprete: Lázaro - Produção: Lázaro

Categoria – Cantora do Ano
→ Soraya Moraes

Categoria – Cantor do Ano
→ Régis Danese

Categoria – Música do Ano
→ Música: Faz um Milagre em Mim - Intérprete: Regis Danese - Produção: Joselito e Kelly Danese