"Que minha vida e minha glória sejam jogadas ao chão e do pó possa brotar um perfeito adorador" Filhos do Homem

segunda-feira, 25 de maio de 2009

10 Conselhos para quem trabalha com música na igreja

Encontrei estes 10 Conselhos para quem trabalha com música na igreja por email e achei muito bom. Vale muito compartilhar aqui.

1. Tenha uma vida de oração.

2. Leia constantemente sua Bíblia.

3. Confronte o que você lê na Bíblia com o modo como você pensa, age e fala.

4. Conserte seus relacionamentos (família, vizinhos, trabalho, escola…).

5. Nos ensaios, tente fazer o seu melhor. Maldito é aquele que faz a obra do Senhor relaxadamente (Jr 48.10).

6. No culto, lembre-se que os adoradores estão ali por causa de Jesus e não por sua causa.

7. Se você é hábil com a voz ou com algum instrumento, lembre-se de que isto foi dado por Deus, logo, nada de vaidades.

8. Não tente atrair atenção para si. Mostrar habilidades nos instrumentos (solando ou com arranjos chamativos) ou com a voz, improvisando e distorcendo a melodia, podem atrair atenção para você, desviando a atenção que deve ser dada a Cristo.

9. Depois de cantar/tocar permaneça no culto, participando com atenção. Retirar-se depois dos cânticos é comportamento de “estrela”, totalmente impróprio em um culto em que Jesus é o centro.

10. Aprenda a analisar as letras daquilo que você canta. Uma boa melodia, nem sempre traz uma boa letra. E que prejuízo isto causa no culto. Peça ajuda do seu pastor neste sentido.

Se aplica inteiramente na vida dos músicos que estão em nossas igrejas, espero que leiam e usem (sem moderação).

Leia o texto na íntegra no Blog Resistência Protestante.

2 comentários:

Aline disse...

Ah pena que nem tem todos observam estes conselhos, bom tirar uma cópia e ler pro nossos músicos ... rss

Ruan Ladwig disse...

mas não são só os nossos, é em todo lugar assim!